Em busca de um novo lar

Em meio à minha urgente busca por um novo lar – 1qt comp/alu 2qt alu, pra usar a linguagem mais comum pra mim nesses dias – ainda não tinha reparado que é um bom conteúdo para este meu singelo blog.

Buscar  um lugar em uma cidade que não é a sua não é fácil: menos referências, menos conhecimento dos bairros da periferia. Mas também não é uma missão impossível: achei duas vezes (clique aqui para ver o post da primeira); vou achar a terceira.

Pelo tempo que estou aqui e pelas indicações de colegas e amigos recifenses (a melhor referência), os melhores bairros para uma pessoa de classe média-baixa morar são: Boa Vista, Graças, Aflitos, Espinheiro, Rosarinho², Boa Viagem, Madalena, Torre, Derby, Casa Forte, Setúbal, Prado, Casa Amarela, Torreão e Paissandu.

É mais ou menos na área central do Recife

E tem ainda as cidades vizinhas-irmãs: Olinda (ao norte) e Jaboatão dos Guararapes (ao sul) para quem quer ficar longe da muvuca (pelo menos enquanto estiver em casa).

Aluguel
Para quem vai alugar, a autoestima deve estar em alta. Nos jornais, os anúncios de linha são quase todos voltados para o “sr. Proprietário”, prometendo livrá-lo da “batata quente”. Ou seja, inquilino é sinônimo de problema, não de cliente. O cliente, neste caso, é considerado o “sr. proprietário”. Obviamente isso não é um privilégio de quem está em Recife, mas vale a lembrança.

Compra
Comprar é sempre melhor: você manda. Só o detalhe do dinheiro é que pode atrapalhar às vezes. A situação ideal e muito distante para a maioria dos mortais é já ter o dinheiro. Assim seu poder de barganha aumenta e você não ficará anos presos a prestações, como ensinam nossos consultores de finanças pessoais. Porém, eles sabem que na maior parte dos casos isso não é possível, mas insistem: dê o máximo na entrada. Se ainda assim não for a sua categoria, fique atento, porque nem todos os vendedores aceitam financiamento bancário – para isso, o imóvel em questão tem que estar regularizado.

Imagem: http://correiodobrasil.com.br

Busca
Essa é a parte que tem mais a ver com o Recife. Os sites das imobiliárias parecem ter o mesmo banco de dados e o mesmo sistema: Expoimóvel. É salutar procurar nele e no Rede Imóveis PE, que também abrange outro grande grupo de imobiliárias. Abaixo, alguns links que consultei:

www.classificadosjc.com.br
diariodepernambuco.lugarcerto.com.br
www.paulomiranda.com.br
www.newville.com.br
www.arrecifes.com.br
www.expoimovel.com
www.redeimoveispe.com.br

Mas o bom mesmo é tratar direto com o dono. Além de ter a chance de ser mais barato e mais simples, você pode negociar o fiador, por exemplo. Uma ótima opção para quem não tem é o seguro aluguel – o meu fiz pela Porto Seguro – e nem todas as imobiliárias aceitam. Nada como um tête-a-tête.

E não sou só eu que, apesar de ótima inquilina, evito as imobiliárias. Muitos proprietários colocam os anúncios nos próprios imóveis. Por isso é bom reservar um fim de semana pra rodar a cidade, não só para ver placas, mas também para parar e perguntar aos porteiros³.

Preços e oferta¹
Recife ainda não é assim, uma Natal, mas notei que os preços já estão consideravelmente mais  altos do que em 2009. O estado todo passa por uma rápida e atraente explosão de investimentos, então tem muita gente vindo pra cá, pra comprar e pra vender/especular.

Boa Viagem (zona sul e praticamente única praia urbana) é disparada a que tem maior oferta – especialmente de imóveis novos – e os preços mais altos. Mas como a verticalização no Recife começou há várias décadas, é possível encontrar apartamentos mais baratos pelo centro.

Nos bairros que citei no início do post, não estou conseguindo achar aluguel de R$ 600 para dois quartos.  Nos de um quarto, os menores preços e os prédios mais velhos estão na Boa Vista, onde geralmente não tem onde estacionar e o movimento de pessoas é intenso, por ser um bairro mais comercial.


¹Atualizado às 23h50
²Atualizado em 11/02/2011
³Atualizado em 15/03/2011

Anúncios

2 Respostas para “Em busca de um novo lar

  1. Dica: Pelos bairros que ficam na Caxangá. CDU tb tem uma pequena classe média e muito bem assistida em termos de transporte público pela proximidade com a UFPE.

  2. Midinha, tente a região entre a Estrada do Arraial e a avenida Norte. Fica perto de tudo e, pelo que eu sei, é mais barato. A Encruzilhada também é uma boa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s