Bar de bacana

Quem frequenta o Real Botequim, em Natal, sabe que é preciso estar com bolsos bem municiados. Com o daqui não é diferente, só muda o nome: os recifenses referem-se ao local como “Bar Real”.

Salão do "Bar Real"

Salão do "Bar Real"

No estilo do Bar do Neno, a comida é salgada no preço, mas no ponto do bom paladar. Tem umas promoções como chopp e caipifruta dobrado na segunda e terça-feira (quando eu fui tinha, era uma terça ou uma segunda, mas a promoção é suspensa em dias de jogos do Brasil e outros eventos que lotem o local).

Foto: Emídia Felipe via celular

Um dos dois únicos poréns foi justamente ligado ao jogo que assistíamos. O som estava quebrado. Uma das meninas que estava na mesa ficou ouvindo pelo rádio, e acabava sabendo das jogadas um minuto antes de podermos vê-las no telão. Ainda bem que não sou fanática por futebol.

O outro porém ficou por conta da conta. As cifras não desceram nada redondas. Mas também nem posso atribuir isso totalmente ao bar. Estávamos numa mesa enorme em que o nível de relacionamento entre os participantes era bem superficial – o que pode ter favorecido a possíveis erros de conta.

Anúncios

4 Respostas para “Bar de bacana

  1. Menina, considerando minha preguiça (e inabilidade) para cozinhar, considerando que moro sozinha e que moro sozinha bem atrás do shopping Cidade Jardim… pode-se dizer que eu já teria morrido de inanição não fosse minhas escapadas noturnas ao Real! Não é tão caro assim não. Não para jantar. Se for comer aqueles petiscos, aí sim, acaba saindo caro à beça. Mas pra jantar uma comidinha simples mas gostosa e com porção bem generosa, não tem nada melhor aqui por perto. Peço meia-porção, como bem e escapo de ter que sair do trabalho tarde e ainda ter que dar expediente no fogão pra preparar um dos três ou quatro pratos que sou capaz de fazer.
    Mas, mudando de assunto, ando doidinha pra voltar a Recife num final de semana desses. Horas dessas escapo daqui…

  2. Tem um selo pra vc no meu blog… e volte a atualizar que estou com saudade dos seus textos e descobertas…

    • Emidia Felipe

      Que bom que inspiro saudades 😀 Voltarei, assim que minha vida tecnológica se atualizar. Vou até colocar um recado no blog pra ninguém pensar que eu abandonei 😛

  3. Pingback: Fita-me no fiteiro « Eu e o Recife

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s